Isolamento Acústico é a técnica utilizada para não deixar passar o som de um para outro ambiente, através do uso de diversos materiais densos, pesados, entre outros, que consigam amortecer e dissipar a energia sonora (chapas metálicas,vidros, madeira maciça, parede de tijolo maciço, mantas de borracha, cortiça ,tapetes, etc.).
O Isolamento, como o nome já diz, tem o objetivo de impedir a passagem/saída dos sons entre distintos ambientes, entre edificações e o ambiente. Outro fator que influencia no isolamento é o fato de não se usar apenas uma barreira, mas criar uma sequência de obstáculos para o som ter mais dificuldade de se propagar.
O uso de paredes duplas, janelas com vidros duplos ou a combinação de materiais de diferentes densidades (Porta de aço) são muito importantes para se ter um bom isolamento acústico. Neste caso, é ainda importante fazer os diferentes elementos usados não se tocarem diretamente, usando sempre espumas, borrachas e o que for conveniente para se anular a vibração. Pelo modo que o som se propaga, cuidado para não deixar nenhum tipo de fresta entre os fechamentos, pois isso pode prejudicar todo o conjunto. Portas e caixilhos devem ter atenção especial, com o uso de espumas e borrachas para se garantir a estanqueidade do ambiente. Se as paredes do local forem finas ou ocas, sugerimos a construção de contra-paredes de drywall. As janelas devem ser eliminadas ou substituídas por janelas acústicas (não fabricamos janelas).
As portas devem ser substituídas por Portas Acústicas! Outro material que ajuda muito no isolamento acústico é a Lã de Pet.

RUÍDO EM EDIFICAÇÕES

O ruído em um ambiente limitado é composto de duas parcelas: direto e refletido. Próximo à uma fonte sonora, geralmente predomina o ruído direto. Afastando-se da fonte sonora, reflexões provenientes da edificação e dos respectivos utensílios que compõem o ambiente, assumem importância. Esse ruído que é chamado refletido ou reverberante, depende da dimensão e da geometria da sala, assim como da quantidade de material absorvente acustico presente no local .

TEMPO DE REVERBERAÇÃO

A importância do tempo de reverberação num ambiente fechado pode ser avaliado através da medição do tempo que o ruído permanece no recinto após paralisação de odas as atividades que geram som. Quando se desativa uma fonte sonora, o som leva um certo tempo para desaparecer. Em ambiente muito reverberante, esse tempo pode ser de alguns segundos. O tempo necessário para decair 60dB chama-se tempo de reverberação. Para uma dada sala o tempo de reverberação depende da quantidade de absorção presente no local.

REDUÇÃO DE RUÍDO

Os dois meios mais usados no controle de ruído são absorção e isolamento acústico. Isolamento se faz através da colocação de barreiras entre a fonte e o receptor. O objetivo do isolamento é impedir a passagem do ruído de um lado para outro, refletindo-o de volta à fonte.

ABSORÇÃO DE RUÍDO

De maneira a obter um tratamento efetivo é necessário avaliar as frequências do ruído. Ruído com predominância em baixa frequência requer material mais espesso. Para alta frequência pode-se utilizar material mais fino. Ruído industrial cobre desde frequência baixa até alta e em geral as frequências altas acarretam maiores problemas aos receptores. Os materiais acústicos podem ser empregados de várias maneiras a saber: . revestimento de paredes e teto . colocação de módulos de absorção sonora suspensos

QUANTO DE RUÍDO PODE SER REDUZIDO COM O TRATAMENTO POR ABSORÇÃO?

Essa redução pode ser calculada com um certo grau de precisão, através da fórmula de Sabine que agrupa tempo de reverberação e incremento de material. A fórmula a seguir que relaciona tempo de reverberação, volume, quantidade e tipo de material para absorção acústica.

V T = 0,161 / A T = tempo de reverberação (seg) V = volume do recinto (m3) A = S - área efetiva de absorção (m²) - coeficiente de absorção dos materiais existentes ou a serem colocados no recinto. S - área onde está ou será aplicado os materiais acústicos. Geralmente são às áreas das paredes laterais e teto. Após cálculo do tempo de reverberação para a situação existente (To) e após forração de paredes ou teto com Sonique (Tf) será possível determinar a redução a ser obtida através de a fórmula a seguir:

To R = 10 Log / dB Tf R - redução em decibel (dB) Log - logarítmico decimal To - tempo de reverberação existente Tf - tempo de reverberação após forração com Sonique É conveniente fazer esses cálculos em quatro frequências básicas: 250, 500, 1000, 2000Hz, ou utilizar o NRC - Noise Reduction Coefficient, que é a média dessas 4 frequências citadas.

Nesta seção você vai encontrar os materiais utilizados em indústrias de todos os seguimentos.
A Vibrasom tem mais de 34 anos de experiência solucionando problemas de ruídos no mercado nacional, atendendo tanto a pequena como a grande empresa.

Entre em contato com nosso departamento de vendas e peça maiores informações.

- Casa de máquinas
- Ambiente de testes
- Equipamentos
- Chillers
- Escapamentos

Fique por dentro
de todas novidades!

Somos uma empresa dedicada ao desenvolvimento, manufatura fornecimento de produtos par controle de ruído e condicionamento acústico.

Fique por dentro de todas novidades!

Estrada Sadae Takagi, 204
São Bernardo do Campo/SP

11 4393.7900
11 9.9967.6973 / 11 9.7107.4218
vibrasom@vibrasom.ind.br

VIBRASOM TECNOLOGIA ACÚSTICA LTDA - Todos direitos reservados.

Desenvolvido por G5SEO Soluções.
ptenes